Protesto da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo

Os cortes na cultura afetam apenas as instituições diretamente atingidas ou seus efeitos podem ser sentidos também longe do epicentro? Através dos depoimentos colhidos por Rebello Alvarenga​ no terceiro protesto da Banda Sinfônica do Estado de SP, pudemos perceber que para os músicos entrevistados, a questão supera os limites da própria banda, provocando impacto também nos demais profissionais da área e nos estudantes de música. Para muitos presentes no ato, a tragédia que atingiu uma das referências musicais do Estado de São Paulo acende o alerta para os demais músicos e, num sentido mais amplo, para a cultura em geral.